14
Publicado April 20, 2013 por fechandoziper em Blog
 
 

Polpa de fruta ou suco concentrado de fruta, e agora?!

Todo mundo já sabe que refrigerante não é uma opção de bebida saudável. Muitas pessoas, inclusive, trocam o refrigerante de todos os dias por suco. Aí, nós nutricionistas, perguntamos “qual o tipo de suco que você costuma consumir?” e confessamos que chega até a dar medo de ouvir a resposta! Pois, nem sempre o “suco” é mais saudável do que o refrigerante! ISSO MESMO, você leu certo ;)

Para aqueles que acompanham nossos posts, já sabem a diferença entre suco, néctar e refresco. Assim, já sabem, inclusive, que tem “sucos” e sucos ;) Maaaas, e as polpas e sucos concentrados? Vocês sabem se são bons ou também possuem dúvida como as leitoras Bruna, Vanessa e Cláudia?

“Queria saber qual tipo de suco consumir? vcs já trataram dos sucos em pó, que não são sucos! Rsrsrs! Queria saber o q eh melhor = polpas congeladas ou concentrados tipo maguary? Tenho alguns rótulos!
Fiquei chocada quando cheguei em casa e vi o rótulo da polpa de côco, com 97% da dose diária de gordura saturada, ou seja, não podemos comer côco?”
“Minha dúvida é na quantidade ideal que pode ser ingerida.”

Vamos lá conferir do que são feitos esses produtos?

A leitora Bruna nos mandou alguns produtinhos:

polpas sucos concentrados

As polpas da acerola, de abacaxi e de coco são 100% fruta! Ufaaa, ainda bem!

Já o sucos de maracujá, de uva e de caju possuem alguuuns ingredientes a mais:

ingredientes maguary

Analisando-se os ingredientes desses sucos concentrados ficamos pensando o seguinte: se a legislação* afirma que é proibida a adição, em sucos, de aromas e corantes artificiais… então o aroma idêntico ao natural é o quê?

Cuidado! Há os aromas naturais e os sintéticos. Os naturais são obtidos exclusivamente por métodos físicos, microbiológicos ou enzimáticos. Já os sintéticos são compostos obtidos por processos químicos, compreendendo: os aromatizantes idênticos aos naturais e os aromatizantes artificiais.**

  • Os aromas idênticos aos naturais são as substâncias quimicamente definidas obtidas por síntese e aquelas isoladas por processos químicos a partir de matérias-primas (origem animal, vegetal ou microbiana) que apresentam uma estrutura química idêntica às substâncias presentes nas referidas matérias-primas naturais.
  • Já os aromas artificiais são os compostos químicos obtidos por síntese, que ainda não tenham sido identificados em produtos de origem animal, vegetal ou microbiana, utilizados em seu estado primário ou preparados para o consumo humano.

Logo, por mais que exista essa diferença entre o aroma idêntico ao natural e o artificial, consideramos “artificiais” os métodos de obtenção dos dois tipos de aroma…

É, seu Maguary… não gostamos nada de ler essa quantidade toda de aditivos adicionadas ao suco, mas pelo menos não possui açúcar! Sendo assim, ainda é uma opção melhor do que os néctares e refrescos que encontramos por aí ;)

 Agora, vamos dar uma comparada nas informações nutricionais:

polpa suco concentrado maguary icefruit niagro

OBS: As informações nutricionais das polpas de acerola e de abacaxi Niagro foram transformadas para 200 ml (1 copo) de polpa diluída em água a fim de possibilitar a comparação.

  • Valor energético: percebam que a maioria possui um valor energético menor do que um suco integral (o qual possui em torno de 80 kcal). Isso ocorre porque esses são diluídos em água. Vocês já devem ter percebido que a nossa exceção aqui é o suco feito da polpa de coco. Já vamos chegar nele…
  • Proteína, gordura total e gordura saturada: no geral possuem valores próximos a zero.
  • Fibra alimentar: a polpa preserva um pouco mais das fibras quando comparado ao ZERO grama dos sucos concentrados.
  • Sódio: quantidade muito baixa de sódio por porção.
  • Vitaminas e minerais: essa é uma informação opcional na rotulagem. Os fabricantes aproveitam para apontar aqueles micronutrientes em que seus produtos são fontes ou ricos.

Por fim, vamos às dúvidas das nossas queridas leitoras:

E a polpa de coco?!

Essa é uma das exceções de alto conteúdo de gordura total e de saturada. Nela encontramos uma quantidade muuuuuito alta de gorduras totais e saturadas para um suco!!!

Segundo o Ministério da Saúde, as gorduras saturadas aumentam o risco de dislipidemias (aumento da gordura no sangue, principalmente colesterol e triglicerídeos) como também de doenças cardíacas. As principais fontes são alimentos de origem animal (manteiga, banha, toucinho e carnes e seus derivados, leite e laticínios integrais), embora alguns óleos vegetais sejam ricos nesse tipo de gordura (óleo de coco). É recomendável que o total de energia da alimentação fornecido pelas gorduras saturadas seja menor do que 10%.***

Já o Conselho Federal de Nutricionistas publicou em seu site, uma notícia**** informando que não considera tooodas as gorduras saturadas vilãs da mesma maneira:

“Entre as saturadas, existem aquelas com mais átomos de hidrogênio e de carbono. Por essas novas definições, chegou-se a quatro principais tipos de gordura saturada. A mais perniciosa, quando ingerida em abundância, é a do óleo de coco, chamada láurica. Aos que aderiram à onda recente das pílulas de óleo de coco para emagrecer, fica o alerta. Em vez de uma silhueta enxuta, há o risco da multiplicação de artérias entupidas por moléculas de gordura láurica. O consumo 5% além do limite eleva os níveis de colesterol ruim em 10 miligramas por decilitro de sangue. Isso significa aumentar em 6% os riscos de uma pessoa saudável sofrer um infarto. Depois da láurica, a mais perigosa na lista das saturadas é a gordura encontrada no leite e em seus derivados, conhecida como mirística. Em terceiro lugar, a palmítica, da carne animal. A boazinha entre as saturadas é a que se obtém do cacau, a esteárica. Em vez de se ligar ao colesterol ruim no fígado, ela é convertida em um tipo de gordura insaturada, a gordura do bem, a mesma do óleo de oliva extravirgem, conhecida como oleica.”

Então a nossa sugestão é de que a polpa de coco deva ser utilizada com moderação e apenas ocasionalmente na alimentação.

E a quantidade ideal de suco a ser ingerida?

De uma maneira geral, as pessoas devem ingerir no mínimo dois litros de água por dia (seis a oito copos), preferencialmente entre as refeições. Essa quantidade pode variar de acordo com a atividade física e com a temperatura do ambiente.***

Apesar do Ministério da Saúde considerar que o suco de fruta fresca ou a polpa congelada SEM a adição de açúcar conte como uma porção de água,*** nós preferimos que o suco fique limitado a um copo/dia, pois essa quantidade já contribui com as vitaminas necessárias e sabemos que o consumo da fruta in natura é melhor do que o suco. Além disso, existem “sucos” e sucos, então prestem a atenção às letras miúdas das caixinhas! E lembre-se de que o consumo de água independentemente de qualquer outro líquido deve ser incentivado.

E você, como prefere o seu suco?

Fonte:

*Instrução Normativa n˚01, de 07 de janeiro de 2000.

**Informe Técnico nº. 26, de 14 de junho de 2007.

***Guia alimentar para a população brasileira – Ministério da Saúde, 2006.

****Conselho Federal de Nutricionistas – Nutrição na Mídia: Gordura do Bem. Publicado em: 27/06/2012. Acesse AQUI.