Palitos de Linhaça Dourada Leve Crock: novo campeão dos biscoitos salgados?

1317845886_1

Temos recebido ultimamente muitas contribuições para a categoria BISCOITOS SALGADOS no DESVENDANDO RÓTULOS. A Gabriela colocou mais um na roda e já fez uma análise inicial! Muito bom que esteja refletindo sobre os ingredientes do produto 😉

[quote]Encontrei esses palitos de linhaça dourada, da Leve Crock no mercado…são beeeem gostosos…mas será que são amigos?hahaha

Na ordem dos ingredientes…ausência de farinha refinada…mas o primeiro item…fécula de mandioca…e agora?hahah a linhaça dourada aparece em 2º lugar, o que me chamou a atenção…e aí, meninas, encontramos um concorrente para o nesfit integral?[/quote]

 

Vamos conhecer a sugestão da leitora?

O que mais nos chamou a atenção ao olharmos a embalagem do produto são as inúmeras alegações nutricionais! Fomos bombardeadas com as seguintes frases:

leve crock linhaca dourada Livre de Gordura Trans

Realmente nas informações nutricionais consta “não contém” para a gordura trans, mas nós sabemos que isso pode ser porque a porção tenha menos do que 0,2g e entrar naquela velha brecha da legislação*. Então, precisamos SEMPRE olhar os ingredientes para dar uma confirmada. Nós encontramos óleo de canola! Não poderia ser melhor! Isso significa que realmente não contém gordura trans e o melhor é que o óleo de canola contém as gorduras insaturadas, ômega 3 e ômega 6 as quais fazem muito bem para o nosso coração 😉

Alto Teor de Fibras

Sim, para um alimento ser considerado RICO EM FIBRAS deve possuir no mínimo 6g de fibras para 100g do produto**. Esse biscoito possui 10g! Passa com muuuita folga nesse critério! E notem bem que ser RICO EM FIBRAS é melhor do que ser FONTE DE FIBRAS. Vimos isso no último post quando falamos sobre macarrões integrais. Perdeu o post? Clique AQUI.

Sem Lactose

Antes de mais nada vocês sabem O QUE É A LACTOSE? 

A lactose é o açúcar contido nos leites e derivados. É um carboidrato (dissacarídeo) formado por dois carboidratos menores (glicose e galactose). 

Essa informação é importante para as pessoas que apresentam INTOLERÂNCIA À LACTOSE. Essas pessoas são incapazes de digeri-la, apresentando uma série de desconfortos gastrintestinais, tais como a diarreia, quando ingerem produtos que contenham lactose.

Segundo a legislação***, o alimento pode conter no máximo 0,5g do dissacarídio por 100g do produto final. Olhando-se os ingredientes dos Palitos Leve Crock percebemos que não há ingredientes contendo lactose.

Sem Caseína

A caseína é uma proteína encontrada no leite. Como o produto não contém leite, essa afirmação também está correta. Essa informação é importante para quem tem alergia alimentar à proteína do leite.

sem gluten sem conservantes leve crockSem Glúten

E vocês sabem O QUE É O GLÚTEN?

É a principal fração protéica presente no trigo, centeio, cevada e aveia. Há pessoas, geneticamente predispostas, que não conseguem tolerar essa proteína, provocando lesões no intestino e gerando uma redução na absorção dos nutrientes ingeridos. O nome atribuído a essa intolerância ao glúten é DOENÇA CELÍACA.

Como medida preventiva e de controle da doença celíaca, o governo obriga por lei**** que todos os produtos alimentícios comercializados informem sobre a presença de glúten.

Por isso que a leitora Gabriela observou que não há farinha refinada… Pois, a farinha refinada é feita de trigo! Assim, a empresa utilizou no lugar a mandioca, livre de glúten! Obaaa, mais uma alegacão correta.

Assado

Aqui, simplesmente acreditamos no fabricante porque não tem como saber 100% sem participar do processo de produção.

Sem conservantes, corante e aromatizantes

Sim, se olharmos o final da lista de ingredientes, percebemos que não há esses “…antes”. Maaaas, há um estabilizante e dois espessantes, nem tudo é perfeito…

Creeedo, e não é que o produto cumpriu toooodos os requisitos?! Tá bom o negócio até agora, vamos então dar aquela espiada básica nos ingredientes?

Fécula de mandioca, linhaça dourada, óleo de canola, sal marinho, fibra de beterraba, agentes de crescimento (pirofosfato ácido de sódio, fécula de mandioca ou amido de milho e bicarbonato de sódio), especiarias, estabilizante lecitina de soja e espessantes goma guar e goma xantana.

  • Adoramos o fato da linhaça dourada, que dá nome ao produto, ser o segundo ingrediente em maior quantidade!
  • O fabricante nem quis ressaltar esse aspecto, mas o produto é SEM AÇÚCAR! Uhuuu!
  • Preferiríamos somente o fermento bicarbonato de sódio ao pirofosfato ácido de sódio. Pois, andamos lendo***** que o pirofosfato ácido de sódio pode causar severas irritações nos olhos, na pele, aparelho respiratório e aparelho gastrintestinal.
  • Gostaríamos de que o fabricante tivesse especificado as especiarias utilizadas.

E agora aquela última olhadinha nas informações nutricionais:

informacoes nutricionais palitos linhaca dourada

  • Valor energético: tá na média do que temos visto na categoria biscoitos salgados.
  • Gorduras Totais: maior do que vimos até agora comparado aos biscoitos piraquê, club social integral, nesfit e tickroc. Mas, isso não é um mau sinal, já já entenderão o porquê!
  • Gorduras Saturadas: menor do que os biscoitos que vimos até agora! Isso significa que, apesar de ter a maior quantidade de gorduras totais, é bom porque deve ser praticamente toda proveniente de gorduras insaturadas (as boas para o coração)! Como ocorreu com o biscoito doce kobber. Mas, sentimos muuuito que o fabricante não tenha especificado as gorduras insaturadas (item opcional) na tabela nutricional, pois certamente só serviria para mostrar bons resultados…
  • Fibra Alimentar: já mencionamos antes, esse produto é riquíssimo em fibras, provavelmente pelo alto contéudo de linhaça e também com a ajudinha da fibra de beterraba que consta na lista de ingredientes 😉
  • Sódio: único ponto fraco dos nutrientes do produto, é o mais alto em sódio comparado aos outros biscoitos salgados. Apresenta 11% do valor máximo diário de sódio em uma porção aproximadamente 25 unidades do produto.

Respondendo à pergunta da Gabriela: não só encontramos um suuuuper concorrente para o Nesfit Integral, mas também para o Tickroc Gergelim o qual ERA o campeão até agora 😉

Classificação do Fechando o Zíper: Aprovadíssimo!

E você, já provou este produto?

Fonte:

*RDC n˚ 360 de 2003 da ANVISA.

**Portaria n˚ 27 de 13 de janeiro de 1998 da ANVISA.

***Portaria n˚ 29 de 13 de janeiro de 1998 da ANIVSA.

****Lei n˚ 10.674, de 16 de maio de 2003.

*****Ficha de Informações de Segurança de Produto Químico. http://www.superquimica.com.br/fispq/1299164027.pdf

fechandoziper


This entry has 17 replies

  1. Biessa says:

    Nunca vi pra comprar por aqui… Vou procurar! Adorei!

  2. Vanessa Thiesen says:

    Pq falam sal marinho? Existe sal que nao seja marinho? rsrs

    • Oi Vanessa, sim tem o sal marinho e outro obtido de rocha (halite).
      Quando falam em sal marinho eles querem dizer que não é refinado, ao contrário do sal de mesa… o sal marinho é obtido através da evaporação da água do mar então ele é mais rico em minerais 😉

      • Vanessa Thiesen says:

        Obirgada pela info! Fiquei curiosa e fui atras das info também e já comprei um que dizem ser muitoo bom: Gros Sel Guerande, frances e puríssimo!
        VAleu!

      • Luiz says:

        Voces falaram no post que o oleo de canola é bom. Acredito que seja um grande equívoco. Muito pelo contrario, ele é prejudicial a saude. O unico que nao prejudica é o oleo de côco. Favor pesquisar mais sobre o assunto. Uma fonte bem confiavel sobre o assunto é o Dr Lair Ribeiro.

        • Carolina C. C. C. Silva Carolina C. C. C. Silva says:

          Oi Luiz, nossa opinião sobre óleos e gorduras vai ao encontro da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Segue o link da diretriz para ler mais, se desejar. Não acreditamos em dicotomia no caso de alimentos… Para nós, não existe bom x ruim ou que um alimento seja por si só “milagroso”. Tudo depende da quantidade e da frequência de consumo.

    • Decreto-Lei n.º 350/2007
      de 19 de Outubro


      Sal tal qual
      O sal tal qual compreende os seguintes tipos:
      a) O sal marinho;
      b) O sal de fontes salinas;
      c) O sal -gema.
      Artigo 5.º
      Sal tratado
      1 — O sal tratado compreende os seguintes tipos:
      a) O sal purificado ou higienizado;
      b) O sal refinado;
      c) O sal de mesa;
      d) O sal iodado;
      e) O cloreto de sódio, definido na Farmacopeia Portuguesa.
      2 — Podem ser introduzidos no mercado outros tipos
      de sal tratado, nomeadamente sal fluorado, sal nitritado,
      sal nitrado ou outros, nos termos a aprovar por portaria
      do Ministro da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e
      das Pescas.

  3. Muito legal essas comparaçoes que vcs fazem, e nos ensinam a avaliar um alimento não só pela caloria, que era o que eu fazia antes de conhecer voces.. mas acima de tudo, conhecer cada ingrediente e cada proporção necessária.. enfim.. voces estão mega de parabéns!!!

    • Obrigada, Cristiane! Ficamos felizes de que estejas gostando!

  4. Josi says:

    Estou amando o site. Esse ano irei cursar nutrição! Já vou iniciar por dentro do assunto haha

  5. Adorei, nunca tianha visto um produto com tantas infos verdadeiras.

  6. Albernaz says:

    O biscoito integral Nesfit da Nestlé não é tão integral assim…. olhando lista de ingredientes constatei que em primeiro lugar encontra-se Farinha de Trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, só depois vem a Farinha de Trigo integral rsrs

  7. Albernaz says:

    ….sem contar que 8 unidades do biscoitinho INTEGRAL Nesfit da Nesté só possui míseras 1,6 g.de fibras. Biscoito ou qualquer outro produto integral bom pra mim tem que ter no mínimo 10% VD de fibras e esse ai só tem 6%.

  8. Lauren da Rosa says:

    Parabéns pelo trabalho meninas!!
    Conheci hj o blog e achei super interessante bjoksss

Leave a reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>