Será que o Suco de Laranja Do Bem® é “do bem” mesmo?

Publicado em 6 de setembro de 2012
 

Em um passeio básico pelo supermercado, a nossa mais nova fonte de inspiração para os posts, uma prateleira nos chamou a atenção…

Estava cheia de sucos com embalagens bem apresentadas, coloridas, clean e com mensagens bem interessantes: “suco sem adição de açúcar, água e conservadores, feito por jovens cansados da mesmice”, “o seu espremedor agora pode descansar em silêncio”. Isso foi o suficiente para querermos experimentar o de laranja!

Aproveitaremos a oportunidade também para explicar a diferença entre suco, néctar e refresco de laranja.

Vocês sabem a diferença? O que é melhor consumir?

  • Suco integral: esse nome é exclusivo do suco sem adição de açúcares e na sua concentração natural (não diluído). É proibida a adição de aromas e corante artificiais. Ponto para o suco do bem®!
  • OBS: o suco pode ser adicionado de açúcar, mas deve constar a designação “adoçado“, fiquem ligados!
  • Néctar é obtido da diluição em água adicionado de açúcares.
  • Refresco também é obtido da diluição em água com ou sem a adição de açúcares.

Vamos analisar os seguintes exemplos:

  • Suco de laranja integral Do Bem®: observem que, na comparação dos 3 produtos, ele é o único que tem a vitamina C. Alguns refrescos possuem vitaminas e minerais, mas são adicionados ao produto, não estando na sua forma natural.
  • Néctar de laranja Del Valle®: possui mais calorias, pois é adicionado de açúcar. Além disso, como possui conservantes, há sódio na sua composição.
  • Refresco em pó Clight® laranja: o primeiro ingrediente a ser listado sempre será o que se encontra em maior quantidade no produto. Nesse caso, o primeiro ingrediente não é nem “polpa desidratada de laranja”, significando que a laranja passou longe desse “suco”. Além disso, possui outros 15 ingredientes! Entre eles: antiumectantes, adoçantes, corantes e espessantes. Ta aí a explicação das pouquíssimas calorias. Dica: água é zero calorias e não vem acompanhada desse monte de “…antes“.

Então, no fim das contas o suco Do Bem® é do bem mesmo… Única crítica: onde estão as FIBRAS da laranja?! Fizemos esse questionamento para a empresa via email, mas até o momento não obtivemos resposta. Ainda não aposentaremos nosso espremedor 😉

Há sucos integrais de laranja no mercado com fibras. É bom ficar de olho no rótulo!

Ponto positivo para empresa: variedade bem interessante de sucos. Além do de laranja tem tangerina; uva; misto de mamão, laranja, maçã e banana; misto de açaí, morango, maçã e guaraná toooodos integrais! Além de limonada, água de coco e chá mate com limão!

Já experimentaram os sucos Do Bem®? Compartilhe sua experiência conosco!

Fonte utilizada para consulta: Decreto n 6.871, de 4 de junho de 2009

comentários
 
Deixe uma resposta »

 
  • 6 de setembro de 2012 at 11:19

    Muito boa dica e cada vez mais estou aprendendo a LER os rótulos e ENTENDER o que significa.
    Obrigada a essas nutricionistas COMPETENTES e interessadas em esclarecer o público.
    Bea

    Responder

  • Patrícia Rech
    10 de setembro de 2012 at 11:39

    Meninas tenho uma dúvida: O suco pasteurizado que é vendido no supermercado seria a mesma coisa que o suco integral?
    Aproveitando a post, vocês poderiam explicar a diferença entre iogurte e bebida láctea. Obrigada

    Responder

    • 10 de setembro de 2012 at 19:04

      Os sucos pasteurizados tipo “petry®” e “naturale®” são integrais porque não são diluídos e nem sofrem a adição de açúcares e conservantes.

      Além disso, passam pelo processo de pausterização que consiste em aquecer o suco a 80-90˚C por 30 a 60 segundos para basicamente:
      1) eliminar microorganismos que gerariam risco à saúde do consumidor
      2) desnaturar as enzimas que decompõem as pectinas

      Ótima sugestão! Encaixaremos o assunto sugerido no dia 24/09! Obrigada

      Responder

      • Cristiano
        10 de julho de 2013 at 12:09

        Lembrando que a pasteurização, menos danosa do que o processo UHT (que é cruel!), também decresce o valor e as características de determinadas vitaminas…

        Abçs!

        Responder

  • 11 de setembro de 2012 at 12:47

    Muito bacana!

    Vocês poderiam fazer a comparação entre o “Limão & Nada”, da Dell Vale e a limonada “do Bem”?

    Responder

  • 11 de setembro de 2012 at 12:54

    Oi Fechandooziper.com a gente responde aqui para os seus fãs sobre a fibra:

    Quando a fibra é menor que 1g, e a nossa fica em torno de 0,90g por lei você não pode colocar na informação nutricional. Um suco feito na hora na sua casa por exemplo tem em torno de 0,96g de fibra.

    Responder

    • 11 de setembro de 2012 at 13:12

      Obrigada à empresa Do Bem® pela resposta ao nosso contato!

      Mas, segundo a RDC nº360 de 2003, a fibra alimentar (item obrigatório no rótulo) é considerada uma quantidade não significativa quando menor ou igual a 0,5g.

      De qualquer forma, os nossos leitores agora ficam sabendo que o suco de laranja do bem® tem 0,9g de fibra! 😉

      Responder

  • Gabriel
    11 de setembro de 2012 at 13:38

    Ta certo, mas o que explica o sabor do suco não ter nada a ver com o gosto do suco da fruta? Como que algo que sai diretamente da fruta consegue ter o sabor tão diferente?

    Responder

    • 11 de setembro de 2012 at 15:29

      Isso em relação ao suco integral? Entendemos que seja pelo processo de industrialização, pois pelos ingredientes não há explicação para mudanças no sabor.

      Responder

      • Cristiano
        10 de julho de 2013 at 12:12

        Creio que é porque as máquinas que extraem o suco acabam espremendo uma quantidade de caroços e cascas. E é “blend” (que chique!), mistura de espécies de laranjas que não tem valor comercial in natura… Em suma, os sucos industriais são feitos com frutas rejeitadas… Vi isso na Fisher…

        Abçs!

        Responder

  • Olívia Trindade
    11 de setembro de 2012 at 22:10

    Sou muito fã do suco dobem. É muito bom mesmo!!! Amo o de limão!!! E a água de coco? Delícia!!!

    Responder

  • Heei
    27 de setembro de 2012 at 20:27

    Só falta possuir certificações e ser um produto orgânico! :/

    Responder

  • Sophia
    27 de fevereiro de 2013 at 07:45

    Olá, tenho o hábito de consumir sucos de soja. Existe quais restrições para este tipo, devo os substituir?

    Responder

  • Jacqueline
    27 de abril de 2013 at 22:43

    Olá! Existe algum suco de caixinha que seja orgânico?

    Um abraço e obrigada,Jacqueline

    Responder

  • Fernando
    14 de maio de 2013 at 07:27

    Como um suco natural, sem a adição de conservantes, consegue ter um prazo de validade tão grande?

    Responder

    • fechandoziper
      17 de maio de 2013 at 15:22

      Oi Fernando,

      Encontramos uma entrevista com Marcos Leta, fundador da marca: “A tecnologia das bebidas do bem™ é baseada em envase a vácuo, sem oxigênio na hora do envase. Com isso, a empresa consegue uma validade de quatro a oito meses, dependendo da bebida.”
      Pena que eles não falam mais sobre isso no site. Mandamos um e-mail pedindo maiores detalhes 😉

      Responder

    • fechandoziper
      17 de maio de 2013 at 16:22

      Eles foram super atenciosos e nos responderam rapidamente!
      Segue a resposta da empresa Do Bem:

      “Não usamos nenhuma fórmula mágica. Depois de muito estudo e desenvolvimento, descobrimos que o que atrapalha uma bebida natural é o contato com o ar e por isso nossa produção é feita a vácuo e embaladas em caixinhas assépticas que evita a entrada de ar, levando até você uma bebida natural igual feita em casa, só que com uma produção um pouco maior. “

      Responder

  • Clara
    6 de julho de 2013 at 16:07

    Esse suco pronto de caixinha é o único que entra na minha casa.
    O de uva integral na garrafa de vidro sem açúcar também. Adoro os 2.

    Responder

  • Juliana
    6 de julho de 2013 at 20:09

    Vocês se basearam nas informações da embalagem?
    Quanta ingenuidade! Em um teste realizado por alunos da química na UnB, constou que uma lata de coca-cola continha 3 vezes mais sódio do que o rótulo informava.

    Isso tá me cheirando a post comprado pra ludibriar consumidor…
    cuidado! abram os olhos…

    Responder

    • fechandoziper
      6 de julho de 2013 at 20:21

      Olá Juliana,

      Sim, nós nos baseamos nas informações da embalagem, pois o nosso objetivo é o de ensinar a ler os rótulos.
      Se a informação é verídica ou não, não cabe a nós conferir, apenas o de alertar para essa possibilidade como já fizemos AQUI.
      Em relação ao post, não está com cheiro nem gosto de comprado, simplesmente porque não é comprado!

      Responder

      • Juliana
        9 de julho de 2013 at 20:37

        poxa, se não vão conferir se é verídico – e nem acho que deveriam – então não digam que é do bem mesmo, como se estivessem convictos.
        isso soa como propaganda cega das grossas.

        achei irresponsável.

        ‘do bem’ mesmo é comprar a fruta e fazer seu próprio suco. é ‘do bem’ para o bolso, sai muito mais barato, e ‘do bem’ para o corpo, por conta do valor nutricional.
        suco de caixinha: fique com o pé atrás!

        sem conservantes que dura 4 a 8 meses? faz-me rir. e além de acreditar na embalagem, ainda acredita na resposta do fabricante.

        gente… quanta inocência!!

        Responder

        • Erica
          7 de agosto de 2013 at 16:13

          Eu já acho que vir aqui acusando o post de ser comprado é que é irresponsável.
          Acho que ficou bem claro que a avaliação dos produtos feita pelo site é baseada no rótulo, item por item do RÓTULO e comparado e análisado.

          Conheci esse blog a poucos dias e estou amando! Como não tenho um laboratório de análises em casa, vou começar a ler mais o rótulo dos produtos mesmo, hehe.

          Responder

  • Cristiano
    7 de julho de 2013 at 12:20

    Reza a lenda que meia laranja contém 180mg de ácido ascórbico, ou vitamina C… Isto é fato? Se for, que tal chupar uma laranja ao invés de alimentar uma indústria sórdida?

    Quando pensamos na praticidade, nem sempre pensamos nos benefícios… é como a história da fralda descartável… enfim… a ignorância é o mais sólido pilar do neoliberalismo…

    Bjs!

    Responder

    • Juliana
      9 de julho de 2013 at 20:42

      estou questionando a mesma coisa.
      além de acreditar cegamente na embalagem, ainda acreditam na resposta do fabricante.

      inocência propaganda a ignorância. que desserviço esse post!

      Responder

    • fechandoziper
      11 de julho de 2013 at 09:59

      Olá Cristiano, uma laranja inteira, em média, tem um pouco menos do que o valor que mencionaste.
      Claro que consumir uma laranja inteira tem muito mais benefícios do que tomar um suco dela.
      Mas, o objetivo desse post era, principalmente, diferenciar néctar, refresco e suco. Pois, percebemos que as pessoas confundem essas definições e acreditam que tudo é suco 😉

      Responder

      • Cristiano
        11 de julho de 2013 at 10:55

        Muito grato pelo retorno…

        Bom saber que a laranja é mais saudável…

        SE me permite uma observação a respeito da proposta do blog, creio que saúde envolve também o processo industrial, embalagens, impacto ambiental, questões culturais e outros…

        Analisar as embalagens para saber onde somos enganados, e somos o tempo todo, é importante. No entanto, agregando estas outras observações o conteúdo ficaria mais completo.

        Abraços!

        Responder

        • fechandoziper
          13 de julho de 2013 at 13:15

          Concordamos contigo, Cristiano! E contamos com a colaboração de leitores como você para agregar essas outras observações 😉

          Responder

  • Ana
    10 de julho de 2013 at 15:36

    Duvida: os sucos Do Bem nao contem conservantes, mas a validade deles é a mesma dos deixas sucos em caixinha (6 a 8 meses)… Como isso é possível sem nenhum aditivo?

    Responder

    • fechandoziper
      11 de julho de 2013 at 10:02

      Oi Ana, fizemos esse questionamento à empresa e recebemos a seguinte resposta: “Não usamos nenhuma fórmula mágica. Depois de muito estudo e desenvolvimento, descobrimos que o que atrapalha uma bebida natural é o contato com o ar e por isso nossa produção é feita a vácuo e embaladas em caixinhas assépticas que evita a entrada de ar, levando até você uma bebida natural igual feita em casa, só que com uma produção um pouco maior”.

      Responder

      • Cristiano
        11 de julho de 2013 at 11:03

        “…igual feita em casa” é muita forçação de barra… O sabor é quase artificial, a origem das laranjas e do conteúdo e os tipos de agrotóxicos não estão disponíveis na embalagem… e custa (vou chutar, porque eu não compro esta porcaria…) o mesmo que uma dúzia de laranjas…

        E o custo ambiental é alto em função da embalagem “tétrica-pak”… Neste sucos podemos incluir petróleo, energia elétrica, plásticos, alumínio, papelão, tintas vinílicas… enfim… o suco não vem só das laranjas…

        Abraços!

        Responder

        • flavia
          2 de março de 2015 at 23:29

          queria saber com o que voce escova os dentes.. pois imagine so a quantidade de coisas que tem numa pasta de dente!!
          pensar no que a embalagem vai passar pro suco é muita viagem! vamos todos morar em ilhas entao

          Responder

  • Carlos
    12 de julho de 2013 at 22:59

    Oi Fechandoziper,

    Muito bom o post, parabéns !!!

    Vocês conhecem a marca JOY? É suco ou refresco? As qualidades nutricionais e/ou sabores são bons?

    Responder

  • monique
    24 de outubro de 2013 at 21:08

    Por que o gosto não é o igual ao natural? Comprei achando que ia ser um suco com um gosto diferente, mas sinto o mesmo gosto ruim dos outros de caixinha, porém um pouco menos acentuado.

    Responder

  • May
    29 de outubro de 2013 at 09:48

    Só um comentário: fibras em sucos de frutas? Não tem nem no suco caseiro que fazemos em casa… As fibras somente podem ser consumidas quando comemos a fruta, e não quando “bebemos” a fruta… Se algum suco de caixinha tem fibra, elas são adicionadas, não são naturais!

    Responder

    • fechandoziper
      2 de novembro de 2013 at 11:10

      Oi May, o suco caseiro que fazemos em casa tem fibras sim. Lembre-se de que além das fibras insolúveis (presentes na casa do alimento, talvez seja a isso que esteja se referindo no seu comentário), também temos as fibras solúveis 😉

      Responder

  • luciana
    12 de dezembro de 2013 at 16:59

    Parabéns ao blog pelo post e pela intenção sempre educada e respeitosa em responder ao público.
    Acho que é difícil, para um blog com o objetivo de informar sobre rótulos, conteúdos nutricionais, legislação vigente, que aborde a todos os assuntos e atinja o gosto de todos os públicos. Ao invés de criticar ferrenhamente, poderíamos sugerir alguma matéria sobre como optar por produtos que sejam orgânicos, recicláveis etc.
    Para nossa geração de fast food, que come rápido e mal tem tempo pra família, os bens industrializados serão a opção da maioria. Quem tem tempo de fazer um suco fresquinho, direto do pomar é muito bem aventurado! Sua opção pode não ser a de todos. E nem por isso podemos julgar ser a melhor ou pior.
    Abraços

    Responder

    • fechandoziper
      15 de dezembro de 2013 at 12:58

      Obrigada, Luciana!
      Realmente, o tempo das pessoas está cada vez mais curto e fica difícil fugir dos industrializados. Por isso, a nossa missão aqui é ensinar os nossos leitores a terem senso crítico. Já que tem que ser um suco comprado pronto, melhor comprar um sem açúcar e aditivos do que um néctar super adoçado, não é mesmo?! Agradecemos pela sua contribuição! 😉

      Responder

  • Celso
    7 de janeiro de 2014 at 18:03

    Sou consumidor desse suco, o único que tem 72mg,
    Nos supermercados Enxuto é vendido a R$5,49, quanto vocês pagam?

    Responder

  • Luci
    11 de março de 2014 at 13:47

    eu achei muito interessante a matéria mas queria saber como o suco consegue durar tanto tempo após aberto se não possui conservantes? A empresa explicou isso?

    Responder

    • Carolina Silva (Fechando o Zíper)
      Carolina Silva (Fechando o Zíper)
      13 de março de 2014 at 00:28

      Oi Luci,

      Sim, a empresa afirmou o seguinte: “Não usamos nenhuma fórmula mágica. Depois de muito estudo e desenvolvimento, descobrimos que o que atrapalha uma bebida natural é o contato com o ar e por isso nossa produção é feita a vácuo e embaladas em caixinhas assépticas que evita a entrada de ar, levando até você uma bebida natural igual feita em casa, só que com uma produção um pouco maior.”

      Abraço!

      Responder

  • Marildah
    14 de junho de 2014 at 12:54

    Os sucos naturais são sempre preferíveis aos de caixinha, isso é fato. Não pode haver duas opiniões a respeito.
    Mas outro fato indiscutível é o que algumas pessoas já expuseram aqui: a falta de tempo e a correria diária nem sempre nos permite preparar um suco de fruta fresquinho, extraído na hora.
    Sendo assim, considero muito válida a iniciativa do blog em diferenciar as opções de suco e néctar de frutas disponíveis no mercado.
    Estive recentemente internada num Hospital pertencente à uma grande rede particular, e na metade das 6 refeições diárias era oferecido suco de caixinha e água de coco aos pacientes (na outra metade havia chá e suco natural). Vale ressaltar que lá as refeições são feitas com orientação de nutricionistas.
    Sempre tive preconceito (e ainda tenho) com produtos industrializados. Mas depois de aprender a usá-los com moderação, passei a ter com eles uma convivência pacífica.
    Não tenho condição de esperar análises laboratoriais de tudo que é produzido – inclusive a comida que consumo fora de casa – para saber a qualidade e se os rótulos estão de acordo. Enquanto isso, preciso basear o meu julgamento nas informações que tenho à minha disposição, e tomar a melhor decisão possível. Nisso o blog me atendeu muito bem!
    Obrigada pelas informações!

    Responder

    • Samantha Peixoto (Fechando o Zíper)
      Samantha Peixoto (Fechando o Zíper)
      16 de junho de 2014 at 02:04

      Nós que agradecemos pelo comentário, Marildah. Nossa ideia aqui é ajudar vocês a fazerem escolhas mais saudáveis por conta própria e incentivar a leitura dos rótulos dos produtos. Claro que nos dias de hoje é muito difícil viver somente com alimentos naturais, mas devemos lembrar que não podemos rotular os alimentos como “bons” ou “ruins”, pois tudo depende da alimentação de cada pessoa e da individualidade de cada um. Ficamos felizes por estarmos te ajudando a tomar melhores decisões! Abraços

      Responder

  • 3 de julho de 2014 at 23:45

    Muuuuuito obrigada por esse post! Juro que entrei acreditando que vocês iriam “desmentir” os sucos DoBem e fiquei muito feliz de ver que a opinião de vocês está alinhada com a minha.

    Tem muita gente xiita com saúde, alimentação e meio ambiente, que não consegue enxergar que uma coisa é o ideal, o sonho, e outra coisa é a vida real. É claro que, dentre todas as escolhas possíveis no mundo, o ideal é comer a fruta e beber água. Mas entre beber um refrigerante, um refresco em pó, um “suco” de caixinha adoçado ou um suco DoBem (opções dentro do grupo “bebidas de sabor agradável” que a esmagadora maioria das pessoas busca), fica claro que a última opção é a melhor. A opção “fruta” não serve porque não é bebida, e a opção “água” não serve porque não tem sabor agradável.

    Invejo quem tem condições de carregar sacos e sacos de laranja pra casa toda vez que vai ao super (provavelmente deve fazer isso de carro, o que é uma opção ambientalmente irresponsável, mas né… eu que vou a pé não tenho como), e que tem tempo pra espremer suco todo dia, e depois ainda limpar a bagunça da cozinha. Mas isso não é a realidade da maioria das pessoas.

    Criar um produto sem aditivos e que caiba na rotina corrida da maioria das pessoas, isso sim é prestar um serviço a quem tenta ser mais saudável. E não tentar vender toda uma filosofia que quase te obriga a virar um monge budista. Felizmente existem empresas que enxergaram essa vontade das “pessoas normais” de serem mais saudáveis e criam produtos adequados às suas necessidades. Porque se dependesse dos xiitas, qualquer um se sentiria desestimulado a levar uma vida mais saudável.

    Ah, e sobre a validade do suco, eu acho engraçado que ninguém questiona a validade do leite de caixinha. Processo de pasteurização, minha gente! E as características da caixinha tetra pak (essa tão demonizada pelos ambientalistas), que protege contra as variações de temperatura e luminosidade que poderiam acelerar a decomposição do produto.

    E sobre a reciclagem da caixinha tetra pak, ela é perfeitamente reciclável. Não que isso faça muita diferença, já que uma quantidade ínfima de todo o lixo produzido no Brasil é reciclada (e não é porque as embalagens são impróprias, mas porque não existe estrutura mesmo). O problema de reciclagem no Brasil é de políticas públicas e não da tetra pak.

    Desculpem o desabafo, mas o mundo anda precisando de mais tolerância. Vamos aprender, vamos evoluir, vamos tentar fazer melhor, mas vamos também respeitar a maneira de ser de cada um.

    Parabéns pelo site! Vocês realmente ajudam a esclarecer as pessoas sobre a verdade por trás dos alimentos.

    Responder

  • Cátia
    10 de julho de 2014 at 12:00

    Olá, Conheci a dobem no RJ e amei, recentemente eles aterrizaram aqui na minha terra SC e já experimentei quase todos, o que foi uma mão na roda pra mim é o DetoxMonstro, super recomendo o sabor é agradável.
    Outra dica é: cuidado com a limonada pois tem açucar e água diferente dos outros que é só a fruta mesmo! 😉

    Responder

  • Débora
    21 de julho de 2014 at 00:53

    Sempre via essa marca no supermercado e achava as embalagens muito bonitas e diferentes. Minha mãe resolveu comprar alguns sucos da marca devido a comentários positivos de alguns colegas. Experimentamos o de tangerina e a decepção foi enorme. Li na caixinha que era suco integral da fruta e etc mas eu já tomei suco natural de tangerina, eu mesma que fiz por sinal, e o suco dobem não chega nem perto do gosto e aparência do suco natural. Gostaria muito de saber o motivo pois até agora não consigo entender. O sabor pode ser pelos fatores já expostos nos comentários acima (tipos diferentes da fruta etc) mas e a aparência do suco? O suco dobem de tangerina parece suco a base de soja e nao suco natural da fruta.

    Responder

    • Gustavo
      29 de julho de 2014 at 00:15

      Suco de caixinha nunca terá sabor igual ao do natural. O desafio é escolher o menos ruim. E o do bem é até gostoso. Melhor do que água com açúcar. Sobre o de tangerina, me disseram que o Shefa integral é bom. Tente experimentar.

      Responder

  • fabiane
    17 de agosto de 2014 at 19:51

    este blog é ilario,porque eles nao tem a capacidade de pesquisar as coisas,querem que a gente mande fotos dos rotulos mas vao procurar,querem tudo pronto…

    Responder

    • ATorres
      24 de agosto de 2014 at 19:27

      Falou a expert Fabiane, que deve contribuir com algo mais relevante para a humanidade. Ou é distribuidora de LIKES no faKebook…
      Muito ajuda quem não atrapalha.

      Responder

  • Pedro Henrique rocha
    3 de novembro de 2014 at 13:23

    Achei estranho o fato do suco de uva do bem ser bem doce. O que vocês acham?

    Responder

    • Carolina Silva (Fechando o Zíper)
      Carolina Silva (Fechando o Zíper)
      9 de novembro de 2014 at 13:58

      Oi Pedro Henrique, por mais que os sucos integrais não contenham açúcar adicionado, ainda há o açúcar natural da fruta (frutose). Pode ser por isso que tenha achado doce…

      Responder

  • Nascimento
    12 de novembro de 2014 at 17:32

    Olá,
    Parabéns pelo post. Sou um “sucolatra” e gostaria que vocês pudessem esclarecer uma duvida, li em um rotulo de suco de laranja integral que além do suco de laranja havia acidulante acido cítrico, nesse caso por haver adição de um elemento( conservante) que não faz parte da fruta o suco não deveria perder o rotulo de suco integral?

    Responder

    • Samantha Peixoto (Fechando o Zíper)
      Samantha Peixoto (Fechando o Zíper)
      18 de novembro de 2014 at 10:46

      Obrigada pelo carinho!
      Pelo que temos lido na legislação, eles falam o seguinte:
      – “É proibida a adição, em sucos, de aromas e corantes artificiais.”
      – “A designação integral será privativa do suco sem adição de açúcares e na sua concentração natural, sendo vedado o uso de tal designação para o suco reconstituído.”

      Infelizmente não especificam em relação ao uso de conservantes. Mas, como o ácido cítrico já está presente em diversas frutas, dos males o menor 😉

      Responder

  • Andressa
    17 de março de 2015 at 10:31

    Olá, Samantha.
    Acho que eles ouviram sua sugestão. Agora há sucos de laranja Do Bem com gominhos e fibras. Mas acho que você provalvemente já sabe disso, né ? 😉

    Responder

  • Bruno
    23 de março de 2015 at 13:51

    Olá. Vim atrás de informações sobre a validade desses sucos e acabei achando essa análise. Não compro mais esse do Bem porque é carésimo e tem também aquele polêmico caso do story telling. Mas vim deixar a dica do suco Nature One e do Blissimo. São muito mais gostosos. Pra quem procura uma alternativa, podem provar. E eu não trabalho com esses sucos. Estou só recomendando mesmo.

    Responder

    • MARCIO
      30 de março de 2015 at 17:32

      SEMPRE TOMO O NATURE ONE! OU TOMO FAZENDA QUE É UM POUCO MAIS AMARGO! O DO BEM NAO CONCORDO MUITO COM ELE POIS FICA FORA DA GELADEIRA EXPOSTO AO CALOR FRIO CALOR FRIO CALOR FRIO, NAO ENTENDO PQ NAO FICA NA GELADEIRA COMO OS OUTROS SUCOS NATURAIS DA FRUTA !
      ALGUEM PODERIA ME EXPLICAR!!!!!!!!!!!!
      NA DUVIDA NAO VOU TOMAR NAO
      TOMO AGUA !!!!!

      Responder

  • MARCIO
    30 de março de 2015 at 17:29

    PORQUE O SUCO NAO FICA NA GELADEIRA DO SUPERMERCADO?
    NAO ENTENDO ISSO
    UMA VEZ QUE A LARANJA É ESPREMIDA O SUCO DEVE SER CONSERVADO EM LOCAL RESFRIADO CORRETO????

    Responder

  • 18 de abril de 2015 at 22:35

    Estão confundindo suco de laranja INTEGRAL com suco NATURAL! Marcas como “do bem”, “fazenda da toca” e outras deveriam atentar ao fato que um produto integral utiliza seu fruto/grão na totalidade, ou seja, inclusive a CASCA! Um suco de laranja integral que utiliza inclusive a casa, não sei se ficaria muito saboroso… agora o NATURAL, sem adoçantes, água ou conservantes, muito saboroso!

    Responder

  • rogerio
    22 de abril de 2015 at 10:23

    me diga uma coisa, como um suco desse, pode ser 100% natural, sendo que dura dias ?
    Como pode nao ter conservantes? sabemos que se fizermos um suco hoje, amanha ja não vai ter a mesma qualidade e em 3 dias o suco já nao presta.

    Responder

    • Carolina C. C. C. Silva
      Carolina C. C. C. Silva
      26 de abril de 2015 at 23:09

      Oi Rogério, já recebemos esse questionamento de outros leitores. Em contato com a empresa, responderam que é pelo processo de produção à vácuo onde os sucos são embalados em caixinhas assépticas, evitando a entrada de ar o qual oxida o produto.

      Responder

  • 13 de julho de 2015 at 19:12

    isso é uma injustiça com as pessoas que compram principalmente os pais que compram isso para os seus filhos ,que pena que muitas pessoas sabem disso mais não fazem nada, agente tem que ficar mais atentos e avisar os pais porque isso é muito perigoso porque a obesidade mata e é serio e aproveitando que eu estou falando sobre isso será que o suco ou o refrigerante de uva faz bem para a saúde ,porque a minha prima toma muito dessas coisas porque a minha vó tem uma lanchonete e a minha prima mora muito perto e então ela bebe muito refrigerante e sucos de uva e tem muito corante e algumas vezes eu fico preocupada com ela mais eu já pesquisei em vários sites e não encontrei nada será que alguma de vocês tem algum site para me passar se alguma de vocês tiverem é só me chamarem tá .
    beijos ,até logo meninas e muito obrigada

    Responder

    • ATorres
      14 de julho de 2015 at 08:11

      Nossa, pontuação passou longe hein Melissa… Se estivesse, falando ficaria sem fôlego e desmaiaria.

      E ao que parece, não leu a matéria e tirou conclusões baseada (errôneamente) no título. Sua mensagem é totalmente sem sentido.

      Pessoal do FECHANDO O ZÍPER, atenção quando liberarem esse tipo de comentário.

      Um abraço e parabéns pela ajuda.

      Responder

  • 14 de julho de 2015 at 14:22

    Pessoal do Fechando o Zipér,

    Tudo bem? Pesquisando sobre suco de laranja, encontrei algumas matérias de vocês sobre o assunto. Gostei! Muito boas! Vou usá-las como bons argumentos e esclarecimentos sobre qualidade em minhas apresentações de vendas.

    Trabalho com alimentos congelados voltados para o varejo (supermercados) e o ‘food-service’ (restaurantes, bares, hotéis, motéis, etc.). Também comercializamos uma novidade no mercado de sucos: o suco de laranja 100% natural da marca ‘Great Food’, feito sem conservantes, sem adição de açúcar, pasteurizado e congelado, preservando todas as características e benefícios do suco feito na hora, como gominhos e resíduos naturais da laranja. Vem em caixas de 6 litros, em saquinhos com porções de 300ml ou 500ml, Com 300ml a caixa tem 20 saquinhos e na de 500ml são 12 saquinhos.

    Ele foi pensado para atender o padrão de qualidade, sabor e rendimento das operações das boas redes de food-service (restaurantes e lanchonetes em geral) que trabalham com suco de laranja, pois oferece vantagens financeiras, operacionais e técnicas quando comparado ao suco feito na hora, além de ter excelentes diferenciais competitivos, tais como:
    a) rastreabilidade do produto;
    b) garantia de preço por quilo de laranja;
    c) ausência de risco por falta de produto (suco);
    d) garantia de uniformidade de sabor do suco;
    e) garantia de limpeza e higienização ds laranjas utilizadas no processo;
    f) segurança alimentar no consumo do produto (suco);
    g) menos lixo gerado e
    h) menos custo com operação (espremedor, manutenção, operação, energia, etc.)

    Assim, se algum dos seguidores deste site for do mercado de food-service e tiver interesse em conhecer e experimentar o nosso suco, peço o favor de entrar em contato conosco, pois teremos o maior prazer em disponililizar uma amostra para análise de qualidade e sabor. Temos a certeza que além de gostar e aprovar, irão passar a usá-lo em sua operação comercial ou no mínimo passar a usá-lo em suas refeições diárias.

    Um bom trabalho para vocês e contem conosco para qualquer informação ou esclarecimentos na área de alimentos congelados (pescados, pratos prontos, sucos, etc.)

    Agradeço a oportunidade.

    Luiz Eloy Oliveira
    Gerente de Novos Negócios
    eloy@grupo5bs.com.br
    11-9.99128.3826

    Responder

Deixe uma Resposta